Produtividade em Equipes

O que é Produtividade em Equipes?

(E como ela impacta sua Produtividade Pessoal)


Existe uma famosa frase de Jim Rohn que diz que “Você é a média das 5 pessoas com quem você passa mais tempo”. Para colocar em um ditado mais popular no Brasil, podemos dizer “Diga-me com quem andas e direi quem tu és”.

O fato é, todos nós somos diretamente influenciados pelas opiniões, pontos de vista e atitudes dos nossos amigos. Quantas vezes você já quebrou a dieta enquanto fazia um social com seus amigos? Quantas vezes já chegou com uma ideia revolucionária, que tinha certeza que daria certo, e um amigo te jogou para baixo? Quantas vezes já ficou com medo de tentar algo novo, pelo medo do que as outras pessoas poderiam pensar?

Pois é, mesmo quando não queremos assumir, as pessoas que estão próximas de nós influenciam enormemente nossa forma de agir, afetando até mesmo nossa Produtividade. Quanto mais produtivas são as pessoas a nossa volta, maiores são as chances de nós também trabalharmos de forma produtiva. E quanto mais produtivos nós somos, maiores as chances de alavancarmos a produtividade de toda a nossa equipe.

Dessa forma, podemos dizer que manter um bom nível de Produtividade em equipe é tão importante quando manter um bom nível de Produtividade Pessoal. Ambas se interconectam, e muitas vezes são até mesmo dependentes uma da outra.


Por onde começar?

(Princípios Básicos para sua Produtividade em Equipe)


Princípio #1 - Tenha Objetivos Claros

De todas as dicas e princípios que eu poderia te fornecer para alavancar sua Produtividade em Equipe, nenhuma delas é tão poderosa quanto a definição de objetivos claros.

Isso porque clareza é essencial para que as pessoas não se percam na priorização do que deve ser feito, e não passem o dia apenas ocupadas sem progredir ou concluir as suas tarefas mais importantes.

Mais do que isso, eu penso que clareza é essencial para que a equipe passe a agir alinhada como uma unidade, com funcionários engajados e se sentindo parte do trabalho que estão fazendo.

Dessa forma, eu recomendo que comumente articule seu ponto de vista para seus subordinados, e dê voz para que eles também façam parte da discussão de objetivos. Em seguida, pondere e anuncie claramente a sua decisão sobre quais serão os objetivos da equipe.


Princípio #2 - Tenha uma Estratégia para Motivar a Sua Equipe

Trabalhar de maneira produtiva em equipe pode ser uma tarefa complicada, ainda mais quando existem fatores que minam a sua motivação no ambiente de trabalho.

Hoje, existem diversos estudos que buscam entender a aprimorar a motivação que as pessoas possuem para trabalhar. Entre esses estudos, um que eu acho particularmente interessante foi desenvolvido por David Rock, do Instituto NeuroLeadership, sendo popularmente conhecido como Modelo SCARF.

Basicamente, o modelo define que nossos níveis de motivação são dependentes predominantemente de 5 fatores:

  • Status: A importância que temos para os outros;
  • Certeza: A capacidade de visualizar o que acontecerá no futuro;
  • Autonomia: O controle que temos sobre os eventos;
  • Relacionamentos: O sentimento de segurança com os outros, sejam amigos ou inimigos;
  • Justiça (Fairness): A percepção de interações justas entre as pessoas.

Uma vez que entendamos e dominemos esses 5 fatores, são grandes nossas chances de nos auto motivarmos e também de motivarmos outras pessoas.


Princípio #3 - Utilize Alguma Ferramenta de Gestão

Como terceiro ponto, se você deseja ter uma equipe mais produtiva, é extremamente necessário que você esteja utilizando alguma ferramenta de produtividade e gestão, que te permita visualizar o andamento de cada projeto.

Sem isso, é muito fácil você acabar se perdendo em uma montoeira de e-mails, que visam facilitar a comunicação e andamento dos projetos, mas que só servem como interrupções que impedem o real prosseguimento do seu trabalho.

Algumas ferramentas bem conhecidas e gratuitas são:

  • Slack: facilita muito a comunicação no ambiente de trabalho, sendo o substituto do e-mail para assuntos internos dentro de grandes organizações.
  • Trello: esse é um aplicativo perfeito para aqueles que utilizam a metodologia “Kanbam” ou o “Scrum” no gerenciamento de suas equipes, já que ele pode ser utilizado nas mais diversas plataformas, e é extremamente simples e fácil de aprender a utilizar.
  • Asana: Outra excelente ferramenta, que possui várias funcionalidades bacanas para ajudar na organização do trabalho e na comunicação eficiente entre os membros da equipe.

Existem ainda várias outras ferramentas sensacionais, e você pode facilmente encontrá-las na minha página de recursos.


Princípio #4 - Tenha Indicadores de Sucesso

Como diria Peter Drucker: “O que não é medido não é gerenciado”.

Se você quer perder peso, então precisará saber quanto pesa hoje. Se você deseja aumentar o lucro dos seus negócios, então precisa saber quanto está ganhando hoje. Se você quer passar mais tempo com a sua família, precisa definir quanto tempo você já passa hoje com eles.

Não adianta, se não estabelecemos indicadores precisos quanto ao que queremos alcançar, são grandes as chances de desenvolvermos um trabalho muito aquém do que realmente poderíamos fazer.

Dessa forma, a recomendação aqui é muito simples: estabeleça alguns marcadores que sua a equipe deve atingir até determinado prazo. Reduzir em 10% a taxa percentual de defeitos de determinado produto, ou aumento de 15% no valor de longevidade do cliente, ou ainda aumento de 20% no nível de satisfação dos seus funcionários com a empresa, são apenas alguns exemplos do que pode ser definido.


Princípio #5 - Trabalhe em Sprints

Uma das melhores práticas utilizadas no trabalho em equipe, a qual une diversos princípios expostos acima, é o trabalho em “Sprints”.

Basicamente, um Sprint é um período de tempo pré-definido para conclusão e realização de determinadas tarefas. Por exemplo, podemos escolher o período de 2 semanas para o termino de um Sprint, e, portanto, devem ser escolhidas quais as tarefas que devem estar finalizadas até o final desse período.

Durante um Sprint, todos os membros da equipe trabalham para concluir as tarefas que foram escolhidas na reunião inicial. Utilizando o quadro com as tarefas, todos os membros devem conseguir visualizar facilmente o que está sendo feito, assim como o que ainda precisa ser concluído.

Ao final do Sprint, é esperado que a equipe tenha alcançado algum resultado concreto, e que esse resultado esteja de acordo com os critérios estabelecidos na fase de planejamento. Os membros da equipe devem então apresentar seus resultados, de forma que consigam adquirir feedback do que ainda precisa ser feito.

Essa é uma tática fenomenal para organização e motivação da equipe, já que oferece uma fase de definição clara de objetivos, uma ferramenta de gestão, e indicadores precisos de sucesso.


Minhas Recomendações

(Artigos para Começar Bem seus Estudos!)


(Leia por primeiro)

ENGAJAMENTO NO TRABALHO: OS 3 PILARES QUE SUSTENTAM A MOTIVAÇÃO DOS SEUS FUNCIONÁRIOS

Todos os anos, grandes empresas gastam milhões de dólares na tentativa de aumentar o engajamento que seus funcionários possuem no trabalho. Isso porque existem sinais de que empresas onde os funcionários se sentem mais engajados também possuem melhores índices de produtividade e satisfação dos clientes.

De acordo com pesquisa realizada pela Gallup, organizações com altos níveis de engajamento reportam ser em média 22% mais produtivas, e recebem de 25 a 65% menos reclamações de clientes. Segundo o cientista Jim Harter...


(Leia em seguida)

SCRUM: GERENCIE PROJETOS DE FORMA ÁGIL E EFICAZ

Nós vivemos em um mundo extremamente competitivo e obcecado pelo tempo. Não são raras as pessoas que hoje dizem e acreditam que “tempo é curto”, ou que “tempo é dinheiro”.  Nesse mundo que parece girar cada vez mais rápido, novas técnicas de produtividade e gestão do tempo são desenvolvidas todos os dias. Algumas desaparecem tão rápido quanto foram criadas, enquanto que outras parecem resistir com grande eficiência ao passar dos anos.

Existem, portanto, diferentes metodologias que buscam ajudar empresas (principalmente...


(Leia por terceiro)

EQUIPE PRODUTIVA: 5 ESTRATÉGIAS PARA AUMENTAR A PERFORMANCE DO SEU GRUPO – COM CHRISTIAN BARBOSA

Boas equipes são, e sempre foram, um ingrediente essencial para criar um empreendimento bem-sucedido. Contudo, criar um bom grupo de trabalho, onde as pessoas trabalham de maneira produtiva, não é algo que acontece por acaso.

Líderes inteligentes sabem que para que sua equipe trabalhe bem, eles precisam também fazer a sua parte, e aplicar diversas estratégias que visam aumentar o engajamento da equipe como um todo, e técnicas para despertar a motivação e performance de cada indivíduo...


(Leia por quarto)

PROCEDIMENTO OPERACIONAL PADRÃO (POP): UMA ESTRATÉGIA-CHAVE PARA MELHORAR A COMUNICAÇÃO E O TREINAMENTO DA SUA EQUIPE

Em 17 de Julho de 1856, praticamente 20 anos antes da invenção do telefone, um trem de excursão partia da estação Master Street Depot, na Filadélfia, com 23 minutos de atraso.

Enquanto isso, outro trem, que estava agendando para passar pela mesma linha, entrava na Filadélfia. Ambos conheciam a programação um do outro, e o plano era que um deles utilizasse uma passagem secundária para que não houvesse colisão.

Isso provavelmente teria funcionado, a não ser pelo fato de que...


(Leia por quinto)

COMO GERENCIAR INTERRUPÇÕES NO AMBIENTE EMPRESARIAL

Você se distrai com facilidade? Eu imagino que sim. Se eu te falasse que neste link você pode ver alguns dos vídeos mais engraçados que eu já assisti, o que você faria? Entraria no link e esqueceria esse post? Eu espero que não! Porém, nem sempre é o que acontece.

Nós temos um número limitado de horas durante o nosso dia, e se não protegermos nosso tempo, teremos grande dificuldade em progredir perante nossas metas e objetivos. De maneira geral, perdemos um tempo...


Todos os Artigos

(Organizados por Ordem de Publicação)