Estabelecendo Metas de Sucesso

O que são Metas?

(E como elas impactam sua Produtividade Pessoal)


Comumente, os experts definem o estabelecimento de metas como o ato de selecionar um alvo ou um objetivo que você deseja conquistar. É o ato de definir claramente o que você espera para o seu futuro, de forma que seu cérebro saiba precisamente no que deve focar para atingir o que você deseja.

Nós vivemos em uma sociedade baseada em metas. A todo momento, queremos nos tornar uma versão melhor de nós mesmos. Para isso, planejamos e definimos metas diariamente, mesmo que não percebamos. Contudo, muitas vezes essa definição de metas não ocorre com a precisão necessária para garantir nosso foco. Outras vezes, nossas metas não passam de simples aspirações, jogadas ao vento sem qualquer gana interna para nos manter progredindo quando os obstáculos começam a aparecer.

Por esse e outros motivos, é extremamente importante estudarmos metodologias comprovadas para o estabelecimento de metas. Desde a década de 60, diversas pesquisas elucidaram princípios-chaves que fazem toda a diferença nos nossos resultados. Saber quais são esses princípios pode ser a diferença entre uma vida rica e bem-sucedida, ou uma vida fracassada, e cheia de reclamações.


Por onde começar?

(Princípios Básicos para Estabelecer suas Metas)


Princípio #1 - Escreva a sua Meta

Bom, você já deve ter visto em algum lugar, ou escutado alguém falar, que você sempre deve escrever a sua meta. Contudo, o que você talvez não saiba é por que isso é tão importante.

Então, em primeiro lugar, escrever a sua meta é importante porque fornece uma estrutura para o seu pensamento. Todos nós temos milhares de pensamentos a cada dia, e eles perambulam de maneira um tanto caótica na nossa mente.  Em um momento você está pensando sobre a sua meta, no seguinte já se lembra de um outro compromisso, e no momento seguinte recorda uma memória de infância, e por aí vai.

Dessa forma, escrever sua meta te força a pensar com mais profundidade sobre o que você realmente quer, e te ajuda a estruturar isso de forma que fique fácil de entender.

Além disso, outro benefício interessante de escrever sua meta está vinculado à ativação de regiões cerebrais importantes para que você se comprometa com o seu objetivo. Pense, por exemplo, se você possui o mesmo nível de comprometimento com um contrato que está na sua frente, ou com um contrato que foi apenas falado. Para a maior parte das pessoas, contratos escritos possuem um maior valor do que um acordo simplesmente falado.

Portanto, o princípio aqui é muito simples: pense sobre o a sua meta no papel. Não deixe de escrever o que você está querendo.


Princípio #2 - Defina as “Provas” de que Chegou Lá

Como segundo princípio, eu penso que tão importante como escrever o que você deseja, é você definir como saberá que alcançou seu objetivo. Em outras palavras, quais são as “provas” de que seu objetivo foi conquistado?

A recomendação aqui é que você seja o mais específico(a) possível. Além disso, procure utilizar números para definir exatamente o que está buscando. Defina uma data limite para atingir essa sua meta. Defina quem estará com você nesse momento, e o que você estará dizendo para você mesmo. Defina onde você acha que estará quando alcançar seu objetivo.

Essas informações podem até parecer irrelevantes em um primeiro momento, mas na realidade são extremamente importantes, e eu te explico por que.

Alguma vez você já procurou um carro para comprar? Se já fez isso, você já deve ter percebido uma particularidade muito interessante do nosso cérebro. Você percebeu que logo após definir qual carro iria comprar, você viu muito mais carros do mesmo modelo na rua?

Aparentemente, quase ninguém possuía aquele carro antes de você comprar, mas logo após a compra, todas as outras pessoas com o mesmo carro resolveram sair na rua.

Na realidade, o que aconteceu aqui é que você ativou o seu sistema reticular. Essa é uma região do seu cérebro que define quais itens no seu ambiente merecem a sua atenção. E adivinha como ela faz isso? Através do nível de especificidade que você possui com seus objetivos.

Quanto mais claro é o seu objetivo, maiores as chances do seu cérebro buscar no seu ambiente por itens ou oportunidades que sejam condizentes com o que você definiu. Quanto mais especificidade você adicionar à sua meta, melhor para você!


Princípio #3 - Recrute o seu Inconsciente

Certo, como terceiro princípio, vamos entrar em um território que não é tão explorado pela maior parte das pessoas, mas que é extremamente necessário. Antes de eu te contar o que você deve fazer, é importante eu te alertar que o exercício aqui colocado pode parecer um pouco bobo, mas você só verá a sua real utilidade depois de fazê-lo. Dê uma chance real a ele, e você colherá os seus benefícios.

O princípio aqui é muito simples: seu inconsciente, a parte do seu cérebro responsável pelos seus hábitos e outros comportamentos automáticos, pode agir de duas formas. Ele pode agir como um “elástico”, que te puxa para o ponto de partida do seu objetivo, ou pode funcionar como um “trampolim”, que te ajuda a dar saltos cada vez mais altos rumo ao que deseja.

O que define se o seu inconsciente funcionará como um elástico ou um trampolim é o quão disposto(a) você está a ouvi-lo e parar de ignorá-lo. Dessa forma, o exercício aqui é o seguinte:

Sente-se confortavelmente e feche seus olhos. Em seguida, imagine-se lentamente flutuando até seu futuro, até o exato momento em que conquista o seu objetivo. Incorpore esse momento, e veja o que está a sua volta. Escute os barulhos que te cercam e perceba quais são os pensamentos que estão passando na sua cabeça. O que você gosta nesse ambiente e o que você não gosta? Existe algum malefício de alcançar esse seu objetivo?

Pare de julgar os pensamentos que passam pela sua cabeça. Escute-os e dê atenção a todos eles. Esse é o seu inconsciente se comunicando, e te falando porque você ainda não alcançou o que está buscando.

Se algum pensamento ou problema aparecer para você nesse momento, é melhor que pense sobre como irá resolvê-lo.


Princípio #4 - Identifique a Próxima Ação

Certo, nesse próximo passo voltamos a um território conhecido. Vamos começar a identificar o que começaremos a fazer para atingir nossa meta.

O princípio aqui também é extremamente simples: defina uma próxima ação, que pode ser feita hoje ou amanhã, e que te aproximará do seu objetivo. Não duas, não três e nem quatro tarefas. Apenas uma tarefa, que você pode fazer o quanto antes (hoje ou amanhã).

Simples não é mesmo?

O objetivo aqui não é se planejar do início ao fim da sua meta. Saber exatamente como vai começar e como irá terminar. O objetivo aqui é ganhar aquele embalo inicial, deixar a inercia de lado, e finalmente começar a caminhar rumo ao que deseja.

Depois da primeira tarefa, você pode definir a segunda, que também será feita no mesmo dia ou no dia seguinte. Devagar, com uma ou duas tarefas a cada dia, você progredirá muito mais do que se ficar planejando por horas.

Ao menos no início, concentre-se muito mais nas ações que está tomando, e não no planejamento e nas teorias que está formulando. Você pode planejar o quanto quiser, mas enquanto não der o primeiro passo, nada terá valido a pena.


Princípio #5 - Crie a Rotina de Revisar seu Progresso

Por último, é importante que você crie um sistema para visualizar o andamento da sua meta, e continuamente consiga definir qual será seu próximo passo.

Isso pode ser feito em menos de 5 minutos diários, onde você escreve em um caderno ou em um bloco de notas o que você fez hoje que te aproximou da sua meta, e em seguida escreve qual será o próximo passo. Apenas essas duas coisas já te ajudarão imensamente.

O motivo disso funcionar pode ser dividido em duas partes. Em primeiro lugar, ao escrever o que você já fez hoje, e ontem e antes de ontem, você grava uma linha do tempo, que te possibilita visualizar o seu progresso e te manter motivado(a). Em segundo lugar, ao escrever sua próxima ação, você sempre tem ideia de para onde voltar caso se esqueça do que deve fazer.

Lembre-se também que a escrita permite que você organize os seus pensamentos, possibilitando que você se comprometa ainda mais com a sua meta.


Minhas Recomendações

(Artigos para Começar Bem seus Estudos!)


(Leia por primeiro)

MÉTODO SMART: ESTABELECENDO METAS INTELIGENTES PARA UMA VIDA DE SUCESSO

Não faz diferença se é O Senhor dos Anéis, Forest Gump, Avatar ou Star Wars, toda grande história a respeito de uma jornada envolve ficar perdido por algum tempo. Você já se perguntou porquê?

Isso acontece, pois, os contadores de histórias entendem perfeitamente que até mesmo nas maiores fantasias, ainda precisamos apoiar nossa visão na realidade, e todos nós já nos sentimos perdidos, sem rumo, ou sem saber o que fazer em algum momento. Então, para nos direcionarmos, estabelecemos nossas...


(Leia em seguida)

GAMIFICAÇÃO: UMA FORMA DIVERTIDA DE ESTABELECERMOS NOSSAS METAS

No verão de 2009, Jane McGonigal sofreu um acidente. Ela estava no seu escritório quando bateu sua cabeça contra a porta de um armário, e começou a ter convulsões. Infelizmente, seu cérebro não se curou rapidamente, sendo que após 30 dias do acidente, Jane ainda sentia fortes dores de cabeça, náusea e vertigem.

Ela não podia ler ou escrever por mais do que alguns minutos, e tinha dificuldades em se lembrar das coisas. Ela não conseguia se comunicar apropriadamente com...


(Leia por terceiro)

ESTABELECENDO METAS DE SUCESSO: 5 ESTRATÉGIAS ALTERNATIVAS AO MÉTODO SMART

Sejam nos seus negócios ou na sua vida pessoal, metas e objetivos te dão algo para trabalhar. Eles empurram você para a frente e te lembram constante do que você deseja e precisa alcançar. Não é de hoje que pesquisadores e escritores reconhecem a importância das metas.

Já no final do século 19, o famoso filantropo americano Elbert Hubbard percebeu que as pessoas não falham por falta de inteligência ou coragem, mas porque não organizam as suas energias em torno...


(Leia por quarto)

COMO DEFINIR METAS: OS 7 MELHORES VÍDEOS PARA ALCANÇAR OS SEUS OBJETIVOS

Todos nós temos algumas coisas que gostaríamos de alcançar nas nossas vidas – entrar em forma, construir um negócio de sucesso, criar uma família maravilhosa, escrever um livro, ganhar um campeonato, e por aí vai. Para a maior parte de nós, o caminho para alcançar essas coisas começa com o estabelecimento de metas, mas nem sempre essas metas estão otimizadas para que obtenhamos sucesso.

Justamente por isso, nesse artigo eu gostaria de expandir a visão de 7 diferentes autores a...


(Leia por quinto)

AGILE RESULTS: O GUIA COMPLETO PARA PLANEJAR, PRIORIZAR E ATINGIR RAPIDAMENTE SEUS RESULTADOS PESSOAIS

Em março de 2015, eu ainda trabalhava como Técnico de Produção. Nessa fase da minha vida, eu estava com sérios problemas de Produtividade, e ainda não fazia ideia de que 6 meses mais tarde largaria meu emprego para estudar e ensinar outras pessoas a serem mais produtivas e organizadas.

Foi nessa mesma época, que li pela primeira vez um artigo relacionado a Produtividade Pessoal, chamado “Productivity System Overview: “Getting Results the Agile Way”. No artigo, o autor trazia uma descrição...


Todos os Artigos

(Organizados por Ordem de Publicação)