Como definir metas: Os 7 Melhores Vídeos para alcançar os seus objetivos

Todos nós temos algumas coisas que gostaríamos de alcançar nas nossas vidas – entrar em forma, construir um negócio de sucesso, criar uma família maravilhosa, escrever um livro, ganhar um campeonato, e por aí vai. Para a maior parte de nós, o caminho para alcançar essas coisas começa com o estabelecimento de metas, mas nem sempre essas metas estão otimizadas para que obtenhamos sucesso.

Justamente por isso, nesse artigo eu gostaria de expandir a visão de 7 diferentes autores a respeito do estabelecimento e execução de metas, e fornecer conselhos práticos e funcionais, que ajudarão você a definir melhor suas metas.

 

3 Armadilhas Comuns ao Estabelecermos Metas – Com Bruno Picinini

 

Não existem necessariamente jeitos certos ou errados de se estabelecer metas, entretanto, algumas formas parecerem funcionar melhor do que outras. Justamente por isso, vamos começar com 3 armadilhas extremamente comuns ao estabelecermos e executarmos nossas metas.

 

– Muitas metas para um ano

Quantas vezes você já ouviu que deveria pensar grande? Quantas vezes já ouviu que deveria equilibrar melhor sua vida pessoal e profissional? Quantas vezes você já se frustrou tentando fazer tudo ao mesmo tempo?

Para que nosso desenvolvimento seja apropriado em uma área, o ingrediente número 1, e que nunca pode faltar é foco. Quando tentamos otimizar diversas áreas da nossa vida ao mesmo tempo, a tendência é perdermos o foco no meio do caminho, e acabarmos desistindo antes de alcançar nossos objetivos.

No livro “A Única Coisa”, de Gary Keller, o autor nos desafia a pensar em “Qual é única coisa, que se eu fizer, todo o resto vai ser mais fácil ou desnecessário?”. Pode parecer estranho, mas todas as pessoas de sucesso que você conhece precisaram em algum momento se fazer essa pergunta. Todas as pessoas precisaram em algum momento focar em uma única coisa, de forma que fazer todo o resto pareceria mais fácil ou desnecessário.

Portanto, a primeira armadilha que devemos evitar é criar mais do que 1-3 metas. Principalmente se você ainda não tem experiência em estabelecer metas, o ideal é que você tenha apenas 1 meta por vez, e coloque todo o seu foco no desenvolvimento e concretização da mesma, para apenas depois planejar qual será a próxima meta a ser estabelecida.

 

– Não se martirize por não alcançar uma meta

Muitas vezes, ao estabelecermos metas, ficamos preocupados com o que pode acontecer se não atingirmos nossos objetivos. Essa é uma apreensão válida, mas que não deveria te preocupar tanto.

Por que?

Bom, porque o objetivo principal de uma meta é te dar um caminho, uma direção que você deve seguir todos os dias para alcançar seus objetivos. Se ao final do prazo que você estipulou, você ainda não atingir o que planejara, não tem problema, pois você provavelmente progrediu muito na direção certa, e é isso que mais importa.

 

– Não defina prazos muito longos ou prazos muito curtos

Outra grande armadilha que caímos ao estabelecermos nossas metas é utilizarmos prazos muito longos ou muito curtos para alcançarmos nossos objetivos.

Mas o que isso significa?

Quando estipulamos prazos muito curtos para conclusão de uma meta, vamos dizer por exemplo o prazo de 1 mês, tendemos a estipular resultados muito pequenos, que embora possam nos ajudar, tendem a não nos motivar tanto como resultados maiores. Em contrapartida, quando estipulamos prazos grandes, como 1 ano, tendemos a procrastinar muito nossa tomada de decisões, e, por consequência, passamos muito tempo sem sair do lugar.

Bom, agora que já entendemos alguns dos principais erros que ocorrem ao estabelecermos metas, chegou a hora de aprofundarmos nosso conhecimento sobre os diferentes passos que precisamos dar até alcançar nossos objetivos.

 

Os 3 Passos para Atingir Metas e Objetivos – Com Gustavo Gubert

De maneira geral, sempre que estamos falando de estabelecermos metas para alcançar nossos objetivos, podemos dividir nossa jornada em três passos:

  • Transformar objetivos em metas;
  • Quebrar metas maiores em pequenas metas;
  • Acompanhar o progresso.

Ao realizar apenas esses três passos adequadamente, você já terá grandes chances de atingir aquilo que deseja. Então vamos começar!

 

Passo 1 – Transforme Objetivos em Metas – Com Fernando Rui

Atualmente, uma das metodologias mais utilizadas para estabelecermos metas chama-se método “SMART”, o qual é um acrônimo das palavras:

Specific (Específico): Procure ser o mais específico possível na definição da sua meta.

Measurable (Mensurável): Procure estipular uma maneira de medir a sua meta.

Attainable (Atingível): Procure pensar nas dificuldades que podem aparecer.

Relevant (Relevante): Procure pensar no “por que” e no “para que” você quer essa meta.

Timely (Temporizável): Procure estipular um prazo para concretização da meta.

 

Artigo Relacionado: Método SMART: Estabelecendo Metas Inteligentes para uma Vida de SucessoComo estabelecer metas inteligentes para uma vida de sucesso

 

Além disso, o Fernando Rui também comenta no seu vídeo 5 outras características que considera essenciais para uma boa meta. São elas:

 

  • Metas precisam ser pessoais

Não adianta, se ao estipular as suas metas, você perceber que apenas está em busca de algo que é importante para outras pessoas, esqueça essa meta, pois você acabará se sabotando. Conforme o exemplo dado no vídeo, se você quer passar em um concurso, apenas porque esse é o sonho dos seus pais, você provavelmente não alcançará essa meta, já que ela não é um seu desejo pessoal.

 

  • Metas precisam ser positivas

Essa provavelmente não é a primeira vez que você escuta que nosso cérebro tem dificuldades em processar a palavra “não”. Todas as vezes que eu peço para você não fazer alguma coisa, sua cabeça voltará sua atenção justamente para esse pedido. Por exemplo, se eu te falar “não pense em um limão”, sua mente naturalmente pensará em um limão.

Dessa forma, sempre que estiver estipulando suas metas, procure deixar o “não” de lado, e construir frases positivas. Isso ajudará o seu subconsciente a te ajudar a alcançar sua meta.

 

  • Metas podem ser feitas no gerúndio

Uma boa forma de se estipular uma meta é utilizando o gerúndio. Por exemplo:

  1. “Eu estou construindo uma empresa com 3 funcionários”
  2. “Eu estou perdendo 5 quilogramas”
  3. “Eu estou aumentando meu rendimento em 20%”

No vídeo, o Fernando Rui também fala sobre colocar as suas metas no presente, como “Eu tenho uma empresa com 3 funcionários”, ou “Eu aumento meu rendimento em 20%”, mas pessoalmente eu acho essas metas um tanto confusas, e prefiro não utilizar essa forma de escrita para metas.

 

  • Metas precisam ser ecológicas

Em Programação Neurolinguística (PNL), consideramos que a todo momento estamos buscando uma harmonia interna, e analisando possíveis incongruências de comunicação que podem estar ocorrendo entre nosso consciente e nosso inconsciente.

Por exemplo, vamos dizer que sua meta é abrir sua própria empresa, pois assim terá a liberdade de decidir seus próprios horários. Entretanto, você não se considera um bom vendedor, e não gosta de negociar preços dos seus produtos e serviços. Existe aqui uma dissonância entre o que você quer, e lutaria para ter, e o que você não quer e deseja evitar.

Dessa forma, é muito provável que você se sabote ao tentar alcançar sua meta, pois constantemente existirá um “cabo de guerra” dentro da sua cabeça sobre o que você deve ou não fazer.

 

  • Metas precisam ter uma recompensa

Por último, é importante que sempre estipulemos uma recompensa a ser colhida ao alcançarmos determinada meta. De maneira geral, alcançar uma meta por si só já é um momento prazeroso e alegre, entretanto, você pode melhorar ainda mais esse momento pensando em uma boa recompensa que esteja alinhada com seus valores.

 

BONUS: A regra das 3 metas – Com Erico Rocha

Como um bônus, se você quiser dar ainda mais um passo à frente na definição das suas metas, sugiro que comece a utilizar a regra das 3 metas. Basicamente, como apresentado no vídeo pelo Erico Rocha, você pode escolher criar três níveis de metas para cada um dos seus objetivos.

Então novamente, vamos dizer que você queira abrir uma empresa com 5 funcionários nos próximos 3 meses. Entretanto, você pensa que atingir essa meta será por demasiado difícil, e não se motiva tanto para sua execução. O que você poderia fazer? Bom, você poderia estipular três diferentes níveis de metas.

Nível 1 – Meta que você acha que vai conseguir – “Abrir uma empresa sem nenhum funcionário”.

Nível 2 – Meta que você ficaria satisfeito em conseguir – “Abrir uma empresa com 3 funcionários”.

Nível 3 – Meta excepcional – “Abrir uma empresa com 5 funcionários”.

 

Passe 2 – Quebre em Pequenas Metas – Com Bel Pesce

O próximo passo que você precisa dar para concretizar suas metas é quebrá-las em metas menores, que sejam mais alcançáveis no curto prazo. Mas por que fazer isso? Bom, nossa cabeça não consegue processar facilmente grandes projetos, que requerem um grande número de ações. Entretanto, nossa cabeça é ótima em tomar atitudes sobre tarefas menores, que já estão definidas.

Existem duas formas de se quebrar suas metas em tarefas menores:

  • Quando você já sabe quais são todos os passos gerais que precisam ser feitos para execução da meta.

Vamos dizer que você acabou de estabelecer sua meta, e pretende utilizá-la como um guia, ou uma diretriz geral para saber se estará indo pelo caminho certo. Você, de maneira geral, já sabe quais são todos os passos que precisam ser dados para conclusão da meta. Dessa forma, meu conselho é para que apenas escreva em um caderno, ou algum documento digital, quais são esses passos, e tente organizá-los em uma ordem cronológica e lógica, conforme o que você pretende seguir.

Não há necessidade de colocar absolutamente todos os passos que serão feitos, pois você aprenderá muito ao longo do caminho, e terá que retirar ou adicionar novos passos da sua lista. O importante é que você crie uma linha do tempo, ou um mapa, de como fará para chegar até onde deseja.

  • Quando você ainda não tem ideia de como alcançará sua meta:

Bom, se você ainda não sabe quais serão todos os passos necessários para conclusão da sua meta, não se desespere. Isso é mais normal do que pode parecer.

Se esse é o seu caso, o meu conselho é que se concentre muito mais nas tarefas que precisarão ser feitas ainda essa semana, ou máximo até a próxima semana. O nosso objetivo aqui é que você apenas comece a ir em direção a sua meta, pois só assim você saberá o que mais precisará fazer antes de completá-la. Você pode não saber todos os passos que precisarão ser feitos, mas você provavelmente tem uma ideia de quais são os próximos passos que farão com que você saia do lugar.

Dessa forma, concentre-se apenas nisso: descobrir quais são as tarefas que você pode fazer ainda essa semana para se aproximar da sua meta. Na próxima semana, apenas repita o processo. Com o tempo, novos aprendizados aparecerão, e o caminho que você deve seguir até a conclusão da meta ficará mais claro.

 

Passo 3 – Acompanhe seu Progresso – Reggie Rivers

Bom, agora que você já estabeleceu quais são suas metas, e já dividiu a sua execução em tarefas menores e mais tangíveis para as próximas semanas, chegou a hora de entrarmos em ação e caminharmos rumo ao objetivo que definimos.

Nesse passo, eu considero imensamente importante que você defina também a forma que estará acompanhando seu progresso, pois é muito fácil sairmos dos trilhos e começarmos a nos direcionar para um caminho diferente daquele estabelecido nas nossas metas. Portanto, é necessário que estejamos constantemente revisando as áreas que estamos progredindo, e os resultados que estamos tendo.

Mas atenção para uma grande armadilha que podemos cair aqui. Algumas pessoas revisam apenas os resultados que estão obtendo, e muitas vezes colocam todo seu foco em algo que não está totalmente no seu controle.

Por exemplo, se você quer perder peso, cuidar da sua alimentação está sob seu controle, mas a resposta que seu corpo tem sobre isso não está. Se você está tentando aumentar o faturamento da sua empresa, conversar com mais prospectos está sob seu controle, mas a resposta dos prospectos para conclusão da venda não está. Se você está tentando aprender uma nova habilidade, o tempo que você utiliza praticando essa habilidade está sob seu controle, mas o tempo até que você atinja maestria não está.

Portanto, é necessário que além de acompanhar seus resultados, revise também aquilo que está sob seu controle. Reveja onde você colocou sua atenção, e como ainda poderia melhorar nesse quesito. Quando focamos apenas nos nossos resultados, corremos o risco de nos frustrarmos facilmente, pois nem sempre os resultados aparecem no curto prazo.

 

 

BONUS: Ressignifique sua jornada diariamente – Com Seiiti Arata

 

Por último, para aqueles que querem ainda mais um bônus, eu sugiro que entendam o poder de resignificarmos nossa jornada.

Mas o que isso quer dizer?

Bom, se você estabeleceu uma meta, provavelmente é porque está insatisfeito com alguma área da sua vida, e gostaria de obter melhores resultados. Dessa forma, todos os dias que está trabalhando sobre a sua meta, você se mantém insatisfeito, pois ainda não obteve o resultado final que gostaria. Mas, conforme discutimos no item anterior, nossos resultados nem sempre estão sob o nosso controle, e isso pode ser uma grande fonte de frustração ao longo da nossa jornada.

Então, o que eu sugiro é que ressignifique sua jornada, de forma que se sinta grato por estar todos os dias progredindo. Dessa forma, o importante é você estar todos os dias fazendo alguma coisa que te aproxime do seu objetivo. Aproveite o caminho que está trilhando, e o aprendizado que está tendo enquanto ainda não alcançou o que deseja. Essa é a única forma que temos de nos mantermos alegres com a execução das nossas metas, e não cairmos na armadilha de nunca ficarmos satisfeitos, pois sempre estamos em busca de algo que está lá na frente.

 

Considerações Finais

O estabelecimento de metas é um passo extremamente importante na jornada rumo ao que deseja, pois direciona o seu foco para algo específico e tangível no seu futuro.  Se você ainda não tem o costume de estabelecer metas, sugiro que reserve algumas horas no seu dia, ou talvez no fim de semana para refletir e colocar no papel aquilo que deseja, preferencialmente considerando todos os conselhos fornecidos nesse artigo.

Depois disso, deixe nos comentários quais foram seus pensamentos a respeito do tema. Conseguiu montar um sistema simples para acompanhar seu progresso? Ficarei a disposição se precisar da minha ajuda!

 

Sobre os autores

Bruno Picinini é fundador do blog “Empreendedor Digital”, onde publica conteudos relacionados a empreendedorismo, desenvolvimento pessoal e produtividade.

Gustavo Gubert é fundador do blog “Arsenal do Empreendedor”, onde compartilha suas experiências para ajudar outras pessoas a também realizar o sonho de ter o negócio próprio.

Fernando Rui é fundador do blog “Crescimento Contínuo”,  um portal destinado ao seu desenvolvimento pessoal e profissional, com o foco em informação de qualidade e técnicas comprovadas para melhorarmos o nosso dia a dia.

Erico Rocha é fundador do “Fórmula de Lançamento”, e é visto hoje com um dos maiores especialistas em Marketing Digital para pequenos negócios online.

Bel Pesce é fundadora do “FazINOVA”, uma escola de empreendedorismo onde ensina muito do que aprendeu ao trabalhar em grandes empresas como a Microsoft, o Google e o Deutsche Bank.

Reggie Rivers é um palestrante motivacional, e trabalha em Denver, Colorado.

Seiiti Arata é fundador da “Arata Academy”, e trabalha como coach e mentor para jovens empresários e profissionais que procuram alcançar resultados de excelência.

About Leonardo Puchetti Polak

Especialista em Produtividade Pessoal, apaixonado por alta performance, tecnologia e neurociência.

Quer receber e-mails sobre como criar metas de sucesso?

Então se inscreva na lista

redirect=/confirmacao-audio-ebook/

Seu comentário me motiva a continuar escrevendo...

2 Respostas para “Como definir metas: Os 7 Melhores Vídeos para alcançar os seus objetivos