Não Quebre a Corrente: Como visualizar seus hábitos de maneira mais clara

Não quebre a corrente

Há alguns anos atrás, Brad Isaac era um comediante jovem, que ainda estava iniciando sua carreira no ramo da comédia. Em uma de suas apresentações, Brad encontrou Jerry Seinfeld, um dos comediantes de maior sucesso dos últimos tempos.

Seinfeld é reconhecido como um dos 100 melhores comediantes de todos os tempos pela Comedy Central, e de acordo com a Forbes, atingiu o pico de sua carreira em 1998, onde recebeu 267 milhões de dólares em um único ano. Isso mesmo, 267 milhões de dólares!

Quando Isaac percebeu que Seinfeld estava para entrar no palco naquela noite, ele viu ali a chance de perguntar para seu astro qual era o grande segredo do seu sucesso. A resposta dada, acabou por criar a metodologia que hoje chamamos de “Não quebre a corrente”, ou em inglês “Don’t break the chain”.

 

Não quebre a corrente: A estratégia de Seinfeld

Em 2007, Isaac decidiu apresentar em uma entrevista ao Lifehacker o que ouviu de Seinfeld, descrevendo a estratégia nas seguintes palavras:

“Ele disse que a maneira de ser um melhor comediante era criar melhores piadas e que a melhor maneira de criar melhores piadas era escrever todos os dias.

Ele me disse para conseguir um grande calendário de parede que possuísse todo o ano em uma página e pendurasse ele em uma parede visível.  O próximo passo seria conseguir um grande pincel vermelho. Ele disse que para cada dia que eu fizesse a minha tarefa de escrever, eu poderia colocar um grande X vermelho sobre aquele dia.

Depois de alguns dias você verá uma corrente. Basta mantê-la e a corrente crescerá todos os dias. Você irá se entusiasmar ao ver aquela corrente, especialmente quando você já estiver fazendo a algumas semanas. Sua única tarefa é não quebrar a corrente. ”

Dont Break the Chain

Por que a estratégia de Seinfeld funciona?

Perceba que Seinfeld não falou nada sobre escrever boas piadas, ou sobre utilizar todas as suas piadas nas suas apresentações. Para o comediante, o segredo do seu sucesso estava apenas em escrever todos os dias, independente de como estava se sentindo naquele dia, ou do quão atarefado ele estava.

Em outras palavras, o comediante declarou que a chave de seu sucesso era criar e manter momentum, sendo que para isso criou um método onde conseguia visualizar rapidamente o quão consistente estava a sua prática.

Como discutido no artigo “Momentum: O Princípio Chave para Consolidação de Hábitos”, todos nós possuímos a tendência de continuar a praticar aquilo que fizemos nos dias anteriores. Entretanto, muitas vezes auto sabotamos nossos hábitos, e nos convencemos de que perder apenas um dia não fará grande diferença. Ainda assim, quando deixamos de fazer nossos hábitos por um dia que seja, criamos uma exceção, uma desculpa que também poderá ser usada nos outros dias que estivermos sem vontade.

Ao criar uma exceção, invertemos nosso Momentum, e damos chance para que maus comportamentos voltem a aparecer.

 

A consistência leva a maestria

Como empreendedores, nosso sucesso sempre depende de nos tornarmos o melhor, ou ao menos um dos melhores no nosso ramo de atuação. Para nosso sucesso, não podemos apenas saber algumas informações. Nós precisamos ser verdadeiros mestres nos temas que trabalhamos.

E não importa qual o seu ramo de atividade, para nos tornarmos verdadeiros mestres, a palavra-chave é consistência, sendo justamente esse o propósito que o método “Não quebre a corrente” procura promover nas mais diferentes áreas da nossa vida.

Portanto:

  • Não quebre a corrente na sua série de exercícios, e você ficará em forma rapidamente;
  • Não quebre a corrente na sua dieta, e você sentirá bem-disposto, com o corpo mais energizado;
  • Não quebre a corrente no seu planejamento diário, e você se sentirá cada vez menos sobrecarregado;
  • Não quebre a corrente no seu negócio, e você terá resultados muito melhores.
Quer saber mais? Então leia   Procrastinando de Propósito: 5 Permissões para você multiplicar o seu Tempo – parte 1

Frequentemente, olhamos pessoas bem-sucedidas e desejamos ter a disciplina, força de vontade e motivação para assim como elas, atingir resultados incríveis. Entretanto, pessoas de sucesso geralmente se utilizam de consistência para manter seus hábitos, dependendo de força de vontade apenas para iniciar novos desafios.

 

Como começar: O desafio dos 30 dias

Em 2011, o engenheiro de computação Matt Cutts comentou em sua apresentação no TED Talks o que fez para deixar de se sentir preso a sua rotina. Matt desenvolveu o hábito de tentar algo novo a cada 30 dias. A ideia é simples: pense em algo que você sempre quis adicionar a sua vida, e tente fazê-lo por 30 dias. Caso você goste do resultado, continue fazendo, mas caso não goste, não tem problema, apenas volte a fazer o que fazia antes.

Através do hábito de se auto desafiar a cada 30 dias, Matt começou a pedalar todos os dias até o trabalho, escreveu um romance, e passou a se sentir mais vivo quando começou a tirar uma foto todos os dias.

Desafios de 30 dias são muito comuns, principalmente quando falamos de dieta ou exercício físico, entretanto eles podem ser utilizados para os mais diversos hábitos que você deseja criar.

Dessa forma, o meu desafio para você é o seguinte:

 

1. Escolha um hábito que deseja desenvolver

Por exemplo, você pode escolher começar a meditar, ou começar a utilizar a “Matriz de Eisenhower” para priorizar seu dia, ou começar a desenvolver um rito matinal, ou a tirar uma soneca todos os dias a tarde. Não importa qual seja o hábito, o importante é que seja apenas um.

 

2. Decida quando, com quem e onde você desenvolverá esse hábito todos os dias

Você vai meditar de manhã assim que acordar, ou a noite antes de ir dormir? Você vai cochilar no carro, ou em uma sala de reuniões próxima? Você desenvolverá seu rito matinal sozinho ou com o auxílio de outra pessoa? Lembre-se que decidir especificamente o que deseja fazer é extremamente importante para execução do hábito.

 

3. Faça o download do calendário 2017 – Não quebre a corrente

Imprima, e cole-o na sua parede.

 

4. Caso prefira, utilize algum aplicativo

Caso não queira imprimir e pendurar um calendário na parede, você também pode utilizar alguns aplicativos para manter seus hábitos. Algumas opções gratuitas são o Way of Life (iOS) e o Hab it!(Android).

 

5. Defina seu gatilho

Em seguida, defina qual será o gatilho que disparará o hábito. Alguns exemplos podem ser: após acordar, ou após chegar no escritório, ou após escovar os dentes, ou assim que o lembrete no celular tocar.

 

6. Visualize seu hábito

Visualize como seria desenvolver o hábito perfeitamente. Primeiro acione o gatilho, depois o comportamento, e finalmente você marcando um X no seu calendário.

 

7. Execute

Mantenha-o pelo período de 30 dias. Faça do seu hábito uma das suas principais prioridades, e não deixe que nem mesmo um dia passe sem ele. Apenas assim você conseguirá construir o momentum necessário para, caso preferir, continuar a desenvolver o hábito após 30 dias.

 

Considerações Finais

Ao tentar aplicar essa nova metodologia, você possivelmente terá alguns falsos começos, onde você consegue manter o planejamento por alguns dias, e em seguida precisa pular um dia. Isso é normal, e, portanto, peço que você não desanime ou permaneça frustrado. Isso é apenas um indicativo de que você ainda precisa fazer algumas mudanças antes de prosseguir com seu hábito. Reflita sobre as alterações que deseja fazer e comece de volta.

Não é o que fazemos de vez em quando que molda nossas vidas. É o que fazemos consistentemente. ” Anthony Robbins.

About Leonardo Puchetti Polak

Especialista em Produtividade Pessoal, apaixonado por alta performance, tecnologia e neurociência.

E-book

29 Métodos de Produtividade Pessoal: O Guia Definitivo para Escolher Já o Seu!

Faça Agora o seu Download Gratuito do Livro!

redirect=/confirmacao-audio-ebook/

Seu comentário me motiva a continuar escrevendo...