Agregação de Ganhos Marginais: O Poder Extraordinário de Melhorar 1% a Cada Dia

Em 2010, o ciclista Dave Brailsford foi confrontado com uma tarefa complicada. Na época, nenhum ciclista britânico jamais havia ganhado a Tour of France (uma das corridas de ciclismo mais concorridas no mundo), mas como diretor de performance da equipe Sky, Brailsford recebeu a missão de mudar isso.

Embora a previsão inicial fosse ganhar a corrida apenas em 2014, essa meta foi alcançada já em 2012 pelo ciclista Bradley Wiggins e novamente em 2013 por Chris Froome, sendo ambos integrantes da equipe Sky. Em 2012, a equipe também participou dos jogos olímpicos, e acabou dominando as competições, ganhando 70% das medalhas de ouro disponíveis.

Froome voltou a vencer nos anos de 2015 e 2016, somando um total de 4 títulos nos 7 anos em que a equipe participou da corrida.

A estratégia utilizada por Brailsford é extremamente simples. O ciclista acreditava em um princípio chamado de “Agregação de Ganhos Marginais”.

 

Agregação de Ganhos Marginais

Nas palavras de Brailsford: “O princípio todo se origina da ideia de que se você desmembrar tudo o que você poderia pensar que envolve andar de bicicleta, e depois melhorar cada coisa em 1%, você vai ter um aumento significativo quando você colocá-los todos juntos”.

Simples, não é mesmo? Se melhorarmos cada área relacionada ao ciclismo em apenas 1%, a soma desses aperfeiçoamentos trará uma melhora notável na qualidade da corrida.

As primeiras áreas que sofreram mudanças foram as mais lógicas. Através de experiências em um túnel de vento, Brailsford observou que a bicicleta não era suficientemente aerodinâmica.

Da mesma forma, ao analisar a área mecânica no caminhão da equipe, ele descobriu que havia poeira acumulada no chão, minando manutenção da bicicleta. Então, o piso foi pintado de branco, a fim de detectar eventuais impurezas.

Cada fraqueza não era uma ameaça, mas uma oportunidade de fazer adaptações e criar ganhos marginais.

Brailsford ainda foi mais longe, e começou a aperfeiçoar áreas pouco convencionais utilizando a nova estratégia. A equipe começou a usar gel antibacteriano para as mãos para reduzir a taxa de doenças e infecções. Os bancos do ônibus da equipe foram redesenhados, para melhorar o conforto e recuperação. Eles estudaram qual o travesseiro que traria a melhor noite de sono para os ciclistas, e começaram a levá-los junto com a equipe para os hotéis.

Eles procuraram por 1% de melhora em todos os lugares, e rapidamente os ganhos começaram a se acumular.

 

Ganhos Marginais no Dia a Dia

Mas se essa estratégia é utilizada tão bem nos esportes, o que ela pode fazer fora dele?

É tão fácil supervalorizarmos a importância de um momento definitivo nas nossas vidas, e subestimarmos o valor que boas decisões possuem no nosso dia a dia. Comumente, nos convencemos de que mudanças apenas valem a pena quando possuem um grande resultado associado a ela.

Seja perder peso, ser mais produtivo, construir seu negócio próprio, ou qualquer outra meta, nós geralmente nos pressionamos para realizar mudanças astronômicas, que todas as pessoas vão notar e comentar.

Com isso, nos esquecemos que todos os resultados que alcançamos, sejam eles bons ou ruins, são decorrentes de várias pequenas decisões que tomamos. Por exemplo, ninguém engorda 30Kg do dia para noite. Esse processo leva anos, e é ilógico pensarmos que podemos revertê-lo em algumas semanas. Da mesma forma, se você trabalhou por décadas de maneira improdutiva, é irreal pensar que pode mudar tudo isso em alguns dias.

Dessa forma, embora a ideia de trabalhar com ganhos marginais de 1% todos os dias não seja assim tão atraente, todos nós conseguimos ver que ela traz resultados significantes, principalmente a longo prazo.

 

Pequenas Vantagens

Bom, mas se todos nós conseguimos entender a ideia de que pequenos ganhos diários somam grandes melhorias ao longo dos anos, por que razão não tiramos proveito disso?

Em seu livro “Slight Edge”, o autor Jeff Olson nos explica que existem três grandes razões que muitas vezes acabam minando nossa motivação para seguir com essa estratégia.

 

Razão 1: É fácil fazer, mas também, é fácil não fazer

Se pararmos para pensar, todas as atividades simples que nos levam para o sucesso são fáceis de serem feitas. Geralmente, todos nós podemos melhorar 1% todos os dias, mas a maior parte de nós não faz isso, simplesmente porque também é tão fácil deixarmos para amanhã.

O problema, portanto, é que tão fácil quanto fazer, é não fazer.

É muito fácil guardarmos alguns centavos todos os dias. É muito fácil lermos 2 páginas de um livro. É fácil fazermos 5 minutos de exercício antes de entrar no chuveiro. É fácil relembrarmos nossos maridos e esposas de que os amamos.

Contudo, mais fácil que fazer, é apenas não fazer.

 

Razão 2: Os resultados são invisíveis

A segunda razão pela qual as pessoas não fazem as pequenas atividades que as levariam para o sucesso, é que a princípios elas não parecem estar se somando.

No início, basicamente não existe diferença alguma entre escolher ser 1% melhor ou 1% pior. Em outras palavras, essas escolhas não possuem um grande impacto em você hoje.

Contudo, conforme isso se torna um hábito, e você faz essa mesma escolha dia após dia, essas pequenas melhorias ou quedas vão se somando e de repente você se encontra muito distante de como estava no início, como ilustrado na figura abaixo.

 

agregacao-de-ganhos-marginais

 

Razão 3: Tudo parece insignificante

A terceira razão que nos leva ao fracasso é a crença de que as pequenas vitórias não são importantes.

“Tudo bem que eu não fui para a academia hoje, mas o que é um dia? ”

“É apenas um hambúrguer, então qual o problema? ”

A diferença entre o sucesso e o fracasso é tão sutil, tão mundana, que para a maior parte das pessoas ela passa despercebida. Talvez, mesmo sem entender, essas pessoas não percebem que estão vivendo pela filosofia do: O que eu faço hoje não importa tanto assim.

Mas isso não é verdade. A realidade é que o que você hoje importa. O que você faz todos os dias importa, e importa muito!

Pequenas decisões são capazes de impactar sua saúde, sua felicidade, sua realização pessoal, e seus sonhos. Elas são tão simples e tão sutis que ninguém vai ver, ninguém vai te aplaudir, e ninguém vai até mesmo perceber que elas aconteceram.  Vai parecer que elas não fizeram diferença alguma, mas tenha a certeza de que elas fizeram!

 

Como fazer 5 Hábitos Comuns Melhorarem 1%

Você provavelmente não estará competindo na Tour de France em breve, mas o conceito de agregação de ganhos marginais pode lhe ser útil da mesma forma. Abaixo você encontrará 5 dicas simples que você pode fazer para melhorar em 1% alguns hábitos extremamente comuns no nosso dia a dia.

 

1) Praticar exercício físico

Se você ainda não pratica exercício físico, eu recomendo que comece a utilizar o aplicativo “7-Minute Workout”, o qual é baseado em estudos científicos, e pode ser feito facilmente em casa.

Muitas vezes, a parte mais difícil de se praticar exercício físico é sair de casa, então você ficaria surpreso com a quantidade de exercícios que consegue fazer uma vez que comece a malhar em casa.

 

2) Comer menos

Se hoje você deseja se alimentar menos, uma simples mudança que você pode fazer hoje é reduzir literalmente o tamanho do seu prato.

De acordo com um estudo realizado pelo pesquisador Brian Wansink, da Universidade de Cornell, nós ingerimos 22% menos calorias quando comemos em um prato de 10 polegadas, quando comparado a um prato de 12 polegadas.

 

3) Organizar a própria mesa no trabalho

Defina um dia da semana, preferencialmente segunda-feira de manhã ou sexta-feira no final da tarde para organizar parte da sua mesa em 15 minutos. Não precisa demorar mais que isso. Você ficará surpreso com o quanto consegue organizar em 15 minutos toda semana.

 

4) Ter um sono de qualidade

Procure desligar todas as telas de televisão, computador, tablets e smartphones antes de dormir. A luz azul emitida por esses aparelhos impacta fortemente seu ciclo circadiano.

Caso não possa se desconectar, você pode encontrar alguns aplicativos que reduzem a quantidade de luz emitida pelos aparelhos nesta página.

 

5) Melhorar o foco

Uma boa forma de melhorar seu foco é através de músicas que te ajudem a se concentrar.

Os aplicativos Focus@Will e Noisli são excelentes ferramentas, com músicas cientificamente comprovadas para melhorar sua atenção e foco. Alternativamente, eu também aconselho testar músicas utilizadas em jogos digitais, como as encontradas neste site. Música criadas para jogos possuem a intenção de não te deixar desistir, e, portanto, são excelentes para tarefas mais tediosas.

 

Considerações Finais

A maior parte das pessoas se sente à vontade quando fala do seu próprio sucesso (e da vida em geral). Falamos sobre perder 10Kg, ou sobre construir um negócio bem-sucedido, ou ganhar a Tour de France como se fossem eventos únicos.

Mas a verdade é que a maioria das coisas importantes na vida não são eventos únicos, mas sim a soma de vários momentos em que nós decidimos mudar 1% para melhor ou 1% para pior. Agregar esses ganhos marginais faz a toda a diferença!

Portanto, deixe nos comentários abaixo: qual será o seu 1% de hoje?

About Leonardo Puchetti Polak

Especialista em Produtividade Pessoal, apaixonado por alta performance, tecnologia e neurociência.

Quer receber e-mails sobre mudança de minset?

Então se inscreva na lista

redirect=/confirmacao-audio-ebook/

Quer receber e-mails sobre como criar hábitos produtivos?

Então se inscreva na lista

redirect=/confirmacao-audio-ebook/

Seu comentário me motiva a continuar escrevendo...

4 Respostas para “Agregação de Ganhos Marginais: O Poder Extraordinário de Melhorar 1% a Cada Dia

  • Gabriel Soares
    2 meses ago

    Estava procurando conteúdo pra ler a respeito de produtividade, motivação etc.. e achei teu site. Cara parabéns pelo conteúdo, excelente. Comecei a ler e não sabia mais por onde seguir lendo por estar gostando de todos artigos. Já indiquei a 2 amigos que estão na mesma pegada de evolução. Sucesso Leonardo e um abraço!

  • Nada acontece por acaso e encontrei seu site justamente em um momento em que desejo fortemente mudanças. Obrigada por compartilhar seu conhecimento de forma tão clara.